domingo, 31 de maio de 2015
Título Original: The Spark
Autores: Lyn Heward e John U. Bacon
Editora: Elsevier - Campus
Ano: 2006
Páginas: 132

"A paixão é a alma de tudo o que fazemos."

     O meu primeiro contato com o livro foi por causa da faculdade. Fazia parte do currículo escolar que lêssemos o livro e comentássemos na sala. Ler para mim nunca foi algo ruim, e mais uma vez não seria.
     Eu nunca fui a um espetáculo do Cirque Du Soleil, sabia como um circo funciona, mas tudo o que foi apresentado nesse livro, mostra o quão grande tudo isso é.
     Frank é um agente esportivo que já não está mais satisfeito com a sua carreira e nem com o seu corpo – foi da equipe de natação quando estava na faculdade –, um dia estava em Las Vegas e após perder um pouco de dinheiro resolveu ir embora e viu dois caras entrando em uma porta e resolveu segui-los. Depois de um longo corredor ele se encontra no ensaio do Cirque para o espetáculo daquela noite.
     Depois de um tempo lá sentado ele percebe que há mais alguém ali, Diane, que pelo o que ele percebeu deveria ser a coordenadora. Após ela explicar que se tratava do espetáculo chamado KÀ ela lhe dá um convite para ir assisti-lo naquela mesma noite. No final da noite, Diane lhe dá o seu cartão para que não perca contato com Frank e nele pode-se ler: Diane McKee, Cirque Du Soleil, Divisão de Conteúdo Criativo – Presidente.


     Pensando em tudo o que tinha visto e tudo o que sentia falta na sua vida, como não gostava mais do seu emprego ele decide conversar com o seu chefe e ir a uma viagem a Montreal, onde é a sede do Cirque, para acompanhar uma atleta que irá participar das audições.
     Mas ele vai realmente para entender melhor o que é o Cirque e porque tantas pessoas o apreciam tanto. Lá ele vai passar um mês com os artistas, fazendo os seus números e podendo conversar com eles. Lá ele vai ter a melhor experiência da sua vida.
      Além da história do Frank nos é apresentada as histórias dos artistas, dos coordenadores, dos treinadores, de todos os que Frank tem contato. Mostrando que nem todas as histórias foram fáceis, algumas pessoas demoraram muito para achar o que realmente gostava de fazer.

"Quando finalmente damos uma chance aos nossos sonhos, nunca se sabe o que pode acontecer."

    
     “A Reinvenção do Espetáculo” fez muito sentido quando terminei de ler. Foi por esse livro que decidi trancar meu curso na faculdade. Ele fala muito de fazer aquilo que gosta, de fazer com paixão, que independente se te dá dinheiro ou sucesso que seja o que você realmente gosta de fazer. Eventos não era o curso que eu queria, muito menos a carreira eu sonhava.

"Sabe, podemos usar essas máscaras esquisitas, mas, depois que subimos no palco, nem com toda a maquiagem do mundo dá para esconder a insatisfação. Aliás, isso vale para a vida em geral também, não é? Mas, se a pessoa não está feliz, sempre tem a opção de fazer outra coisa."

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Galeraaaaaa, espero que tenham gostado, recomendo muito esse livro, me ajudou a tomar uma decisão muito importante na minha vida e espero que faça alguma diferença na vida de vocês também. Deixa nos comentários de já leu e o que achou.

TwitterInstagramSkoobFilmow ♥ Snapchat: daniborgo


0 comentários:

Postar um comentário



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Danielli Borgo e Daniele Heguedusch. Tecnologia do Blogger.

Tradutor

Populares

Seguidores

Siga por Email

Google+

Facebook

Twitter

Skoob: Dani Borgo

Blogs Parceiros

Anúncio