domingo, 10 de janeiro de 2016
Título Original: We Are Legion –
The Story of the Hacktivists 
Diretor: Brian Knappenberger 
Gênero: Documentário 
Duração: 94 minutos 
Estreia Mundial: 20 de Janeiro de 2012 

     “Aquilo que começou como uma brincadeira on-line de jovens anônimos em sites como 4Chan evoluiu para um movimento (h)activista que provou o seu poder enfrentando adversários poderosos como a Igreja da Cientologia, a Sony e o FBI, antes de tomar as ruas e se tornar o movimento Occupy. Em apoio ao Wikileaks, conseguiram travar os sites do Pay Pal e Visa e ofereceram o seu apoio e conhecimento para os jovens da Tunísia, Egito e Irã na Primavera Árabe. O documentário revela a sua história desde o início, desmascarando alguns dos seus ativistas para realizar entrevistas.” 


     Esse documentário é daqueles que te incomodam, que te fazem pensar muito sobre, que te anima para fazer algo. Vinha há muito tempo querendo assistir e adiava por achar que não ia ser muito bom ou cansativo, muito pelo contrário. Assisti os 94 minutos sem piscar, para ter certeza do que tinha assistido, assisti mais uma vez alguns dias depois. Me fez querer pesquisar mais sobre o meu país e o que anda acontecendo no mundo, me informar mais, ter uma opinião mais formada sobre as coisas. 
     Basicamente, o documentário fala sobre pessoas – em sua maioria adolescentes –, que se revoltam contra o governo, a mídia, ou qualquer organização que esconda algo importante da população. Eles acreditam que a informação tem que ser para todos e não apenas alguns privilegiados, como por exemplo, documentos do governo. Acreditam também que a internet tem que ser para todos e que o governo não pode proibir ou banir isso. Várias pessoas tiraram as suas máscaras para serem entrevistadas. Há os que passaram pela prisão e os que se dizem afastados de coisas ilegais. Outros falam somente os seus nomes de "guerra".

Diversas pessoas seguidoras da ideia Anonymous tiraram suas máscaras para serem entrevistadas. Há os que já passaram pela prisão, os que se dizem afastados das atividades ilegais e os que revelam só seus nomes de guerra - See more at: http://www.anonymousbrasil.com/nos-somos-legiao/we-are-legion-the-story-of-the-hacktivists/#sthash.JczIpVEj.dpuf
Diversas pessoas seguidoras da ideia Anonymous tiraram suas máscaras para serem entrevistadas. Há os que já passaram pela prisão, os que se dizem afastados das atividades ilegais e os que revelam só seus nomes de guerra - See more at: http://www.anonymousbrasil.com/nos-somos-legiao/we-are-legion-the-story-of-the-hacktivists/#sthash.JczIpVEj.dpuf
Diversas pessoas seguidoras da ideia Anonymous tiraram suas máscaras para serem entrevistadas. Há os que já passaram pela prisão, os que se dizem afastados das atividades ilegais e os que revelam só seus nomes de guerra - See more at: http://www.anonymousbrasil.com/nos-somos-legiao/we-are-legion-the-story-of-the-hacktivists/#sthash.JczIpVEj.dpuf
("Ótimo dia para uma revolução")  

     Vemos muito a luta pela internet, o movimento tomando forma e indo para as ruas, grandes organizações temendo os seus “ataques” e o FBI batendo as suas portas. Foi incrível ver que mesmo sentados na frente dos seus computadores eles fizeram muito mais do que muitos fazem quando vão para os seus protestos. Não desmerecendo quem vai em manifestações, eu mesma já fui e sensação é incrível. O ponto é: muitas pessoas vão em manifestações para tumultuar, para ganhar “status” com outras pessoas, para apenas dizer que foi, pessoas assim tiram o respeito do manifesto. 
     “Lutamos pela liberdade, de falar, do poder do povo, a capacidade de protestar contra seus governos, combater o errado.” Todos querem isso, não ser preso por expressar a sua opinião sobre qualquer coisa em qualquer lugar, todos tem algo que acha errado no governo, não necessariamente contra a presidência. Sempre bom lembrar que há uma grande diferença entre protestar e agredir, violar, e denegrir algo ou alguém. 
     O que mais me impressiona é o quão pouco as pessoas falam sobre esse documentário, não há muitas resenhas ou pessoas falando sobre em vídeos. É bem triste, porque achei muito bom e recomendaria sem dúvidas. Fica aí uma boa dica para essas férias; para você que está insatisfeito com algo; para você que quer assistir mas está na dúvida se valerá a pena; ou para você que gosta de documentários.

"We are anonymous.
 We are legion.
 We do not forgive.
 We do not forget.
Expect us."

♥♥♥

Espero que tenham gostado, o blog vai voltar a ativa de novo. Deixem sugestões de livros/filmes/seriados nos comentários.


TwitterInstagramSkoobFilmow ♥ Snapchat/Periscope: daniborgo

0 comentários:

Postar um comentário



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Danielli Borgo e Daniele Heguedusch. Tecnologia do Blogger.

Tradutor

Populares

Seguidores

Siga por Email

Google+

Facebook

Twitter

Skoob: Dani Borgo

Blogs Parceiros

Anúncio